Pesquisar neste blogue

terça-feira, 8 de julho de 2008

está ABERTO!

Este roteiro! este roteiro está aberto, finalmente!

Pois bem, por estes lados, iremos falar de Francesinhas e tudo o que envolve tão deliciosa maravilha (deliciosa, de vez em quando).

Iremos começar na zona de Lisboa. O motivo? Em primeiro lugar, este "provedor" mora em Lisboa. Em segundo lugar, estou cansado que me perguntem onde se comem francesinhas em Lisboa e farto de ouvir dizer "francesinhas de jeito é só no Porto" (tal não podia ser maior falsidade).

Muitas provas já foram realizadas na capital da nação portuguesa e, aos poucos, irão ser relatadas por aqui. Aceitam-se sugestões obviamente, pois a lista tenderá a crescer (e os quilos irão aumentar).

O objectivo é fazer um relato semanal (em média). Quando a lista de Lisboa chegar ao fim (ou seja, quando as opções se esgotarem), o roteiro irá alargar-se por todo o país! No norte (onde tudo começou), já foram realizadas algumas provas que, nessa altura, irão ser abordadas.

Por agora, esta mesa aguarda que mais Francesinhas cheguem...

Bom apetite!

2 comentários:

elisewin disse...

epah, que ideia original! sim senhora... agora tenho de fazer o roteiro do carapau... ou da casa de banho. boa sorte, pode ser que te contratem para dar umas dicas numa revista de culinária.

Ana disse...

oi oi!

Sou uma tripeira no meio da 'mouraria' que anda sempre em busca do melhor local de francesinhas, visto que A Cascata não me consegue satisfazer (não chega aos calcanhares d'A Cufra, que para mim tem as melhores francesinhas do Porto)! E sou constantemente questionada por amigos lisboetas por locais para comer as 'genuínas'...

Tenho de ir experimentar esse sítio no campo pequeno e já agora deixo duas sugestões, a República da Cerveja (que antes faziam a francesinha com bife de vaca e uma fatia de fiambre e bringela no meio e um molho avinagrado, deixei lá reclamação e depois voltei lá para comer um bife e a minha companhia comeu uma francesinha que já se regia pelas leis nortenhas) e a Sagrejaria, ambas no parque das nações.

Continua com este teu blog que vai dar luzes a muita gente ávida pela verdadeira francesinha em terras do sul!